Ensaio sobre o Pole Dance (e as angústias de um relacionamento sério)- Por Lu Senra

16 jan

Falar de um relacionamento é sempre algo delicado, sensível. Pra mim, é quase uma angústia. Fico sempre meio aflita ao explicar minha relação com o mastro, com a dança, com o Pole Dance. Tem gente que me pergunta e ouve com sincera curiosidade. Alguns me julgam precipitadamente e preferem mudar de assunto. Tem também aqueles que acham que é machista (ou até feminista) e querem politizar o tema. Outros acham que estou louca, perdi a cabeça ou estou doente. Não entendem que Pole pra mim não é doença alguma. É cura.

Foi uma tentativa meio forçada (confesso) de tentar alavancar minha auto estima. A dança do ventre, que insisti por alguns meses, começou do mesmo jeito. Lembro que na minha primeira aula não fiz nada, fiquei toda bicho-do-mato, me cansei de fracassar e observei as outras meninas…tão talentosas elas. Fui embora pra casa frustrada, meio na dúvida se animaria a experiência do primeiro mês. E é bom que  aquele velho ditado realmente serve pra tudo: “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. A insistência me trouxe paixão pela dança, orgulho de mim mesma, amizade, consciência corporal, auto estima e conhecimento. Me trouxe também uma barriga tanquinho. Mas isso é o de menos. A insistência me trouxe experiência para falar para essas meninas de primeira aula (que, como eu, teimam em não sair do chão) que vale a pena tentar mais um pouco. Dar uma chance ao próprio corpo, ao próprio talento. Tudo é com tempo. E paciência também é uma das principais lições.

Agora,  estou tentando quebrar meus temores de falar sobre esse relacionamento. Até porque, como publicitária que sou, fico tentada em apresentar essa coisa maravilhosa para outras meninas, para minhas amigas e conhecidas. Não quero converter ninguém. Pole Dance não é religião. Acho apenas que uma coisa que faz tão bem e é tão maravilhosa não deveria ser vítima de tanto preconceito. O Pole, agora eu sei: é completo. Ele é dança, ginástica localizada e terapia. É Yoga, circo e filosofia. É um tanto de coisa e não é nada disso. Isso porque é único. É Pole Dance.

lu

Lu Senra.

Anúncios

7 Respostas to “Ensaio sobre o Pole Dance (e as angústias de um relacionamento sério)- Por Lu Senra”

  1. Renata Silveira Borges janeiro 16, 2013 às 11:41 pm #

    Ameeeeeeeeeiiiiiiii! Super bem escrito e claro!!!!

    • silvia janeiro 17, 2013 às 1:31 pm #

      “O Pole, agora eu sei: é completo. Ele é dança, ginástica localizada e terapia. É Yoga, circo e filosofia. É um tanto de coisa e não é nada disso. Isso porque é único. É Pole Dance.” confesso q tinha um certo preconceito, mas achei tão interessante que quero tentar um dia!

    • silvia janeiro 17, 2013 às 1:31 pm #

      “O Pole, agora eu sei: é completo. Ele é dança, ginástica localizada e terapia. É Yoga, circo e filosofia. É um tanto de coisa e não é nada disso. Isso porque é único. É Pole Dance.” confesso q tinha um certo preconceito, mas achei tão interessante que quero tentar um dia!!!!

  2. Nina Senra janeiro 17, 2013 às 1:33 pm #

    Que legaaal! Eu já fiz uma aula também e saí com o pulso todo esfolado! Mas deve ser gostoso mesmo essa sensação de superação! Adorei seu texto Lu.
    Taí! Vou dar mais uma chance e esfolar o pulso um pouco mais!

  3. Matheus Rocha Moreira janeiro 17, 2013 às 2:19 pm #

    Alegrou minha vida! Curti Lú!!

  4. Lu janeiro 19, 2013 às 4:18 pm #

    um prazer ver que meu texto tem incentivado as pessoas a tentar e também a repensar o lugar do pole. :)

  5. SANDRA AZERÊDO janeiro 19, 2013 às 5:06 pm #

    Muito bom o texto. Luquinha!! E a foto é linda! A gente fica convencida da alegria que deve ser fazer o Pole Dance. E mostra também como é importante o investimento em alguma coisa que a gente acredita e que nunca é fácil. Deus te abençoe, querida!
    Dindinha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: